Mayday Desastres Aéreos – T15E04 – Entrega Fatal – UPS Airlines 6

O acidente com o UPS Airlines Voo 6 ocorreu em 3 de setembro de 2010, quando um Boeing 747-400F, operando um voo de carga internacional entre Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e Colônia, na Alemanha, caiu pouco depois de decolar. A aeronave sofreu um incêndio no compartimento de carga que levou à perda de controle e subsequente queda, matando os dois tripulantes a bordo. A investigação apontou que as baterias de íon-lítio transportadas como carga causaram o incêndio. Como resultado, foram implementadas mudanças regulatórias para o transporte de baterias de íon-lítio em aeronaves de carga.


Clique no link abaixo e assista a um especial deste episódio:
Mayday Desastres Aéreos – ESPECIAL T01E10 – Fogo a Bordo

Causa do acidente UPS Airlines 2010

O trágico acidente da UPS Airlines 2010 foi causado por um incêndio no compartimento de carga, iniciado por baterias de íon-lítio transportadas no avião.

Investigação e descobertas

A investigação do acidente da UPS Airlines 2010 identificou que as baterias de íon-lítio foram a causa do incêndio, o que levou a mudanças regulatórias no transporte aéreo de baterias.

Impacto na indústria aérea

O acidente trouxe um maior foco na segurança do transporte de baterias de íon-lítio em aeronaves de carga, resultando em mudanças nas regras e regulamentações do setor.

Legado e aprendizado

O acidente da UPS Airlines 2010 destaca a importância da segurança no transporte de baterias de íon-lítio e a necessidade de melhorar a proteção contra incêndios em aeronaves de carga.

Relatório final do acidente do UPS Airlines Voo 6 (GCAA)

1 comentário em “Mayday Desastres Aéreos – T15E04 – Entrega Fatal – UPS Airlines 6”

  1. Cara, e há dois dias eu vi um shorts no YT falando q é perigoso despachar equipamentos como notebook por causa da bateria de lítio. Esse episódio nem teve mistério né, foi só a história e a conclusão. Eles deviam ter pousado em Doha, é sempre triste ver pilotos competentes se perderem por algo fora do controle deles.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top